NRF 2012 A feira da automação

14 de janeiro de 2012.New York, tempo nublado temperatura em torno de 5 graus negativos. Hoje durante todo o dia o tempo permaneceu assim e a temperatura oscilando entre frio e congelado, mas sem neve!A NRF ainda não começou, mas já é difícil escolher um tema apenas para comentar, tamanha a riqueza em se tratando de varejo em geral.Nosso grupo, aqui na NRF é bastante voluntarioso e tem, desde muito, assumido compromissos com o desenvolvimento do setor supermercadista, organizando uma intensa e interessante programação com vistas a levar aos associados da AGAS as mais recentes novidades do varejo mundial. O ponto alto do dia, foi a palestra ministrada por Willian Drake (Bill Drake) da Cornell Food Industry  Management  Program, professor da Universidade de Cornell que abordou o tema: “ Growth in na unforgiving enviroment” – “Crescimento em um ambiente que não perdoa”, apontando as principais tendências do mercado de varejo alimentar Americano.Segundo o professor Bill, o varejo de alimentos Americano é muito concentrado nas mãos de poucas e grandes redes (41 %) e esta concentração tende a aumentar nos próximos anos, principalmente fixando-se em mãos de grupos como o WalMart, que detém a interessante posição de a cada 4 dólares gastos pelos americanos em alimentos, 1 dólar lhes pertencer.Com a crise econômica iniciada em 2008, houve uma inversão nos hábitos dos Americanos, que deixaram de fazer refeições fora de casa, passando a fazê-las em casa. A atual crise econômica é considerada por Bill a mais profunda e longa desde 1948 (pós 2ª. Guerra mundial) e com ela são  visíveis as seguintes transformações nos hábitos dos consumidores Americanos: Os Americanos estão indo menos a restaurantesAs lojas destinadas a atender os públicos de classes mais altas estão sentido mais fortemente a crise econômicaOs produtos marca própria ganharam força, uma vez que são de excelente qualidade e baixo custoEstá havendo uma migração de preferências de produtos exóticos para os produtos mais básicosRessaltou, também, que o tema da tecnologia cada vez mais ganha terreno no varejo alimentar. O grupo Tesco na Coréia do Sul, recentemente lançou o “Homeplus”, que nada mais é do que a simulação de gôndolas de supermercado em uma estação de metrô. A imagem da gôndola com os produtos e preços é projetada nas paredes do metrô e o consumidor realiza suas compras através do seu smartphone, quando chega em casa o produto já está lá ( o tempo da entrega na casa do cliente é praticamente o mesmo que o clientex leva percorrendo o caminho até sua casa de metrô). O grupo Jumbo, no Chile, também teve iniciativa semelhante, agora no último trimestre de 2011.Bill comenta que o Americano não mais conversa para se comunicar, o Americano escreve! Escreve no smartphone mensagens, torpedos,  etc… e gasta aproximadamente 22% do seu tempo em redes sociais.Na onda da saudabilidade alimentar, as farmácias estão entrando na briga! A rede de farmácias Walgreens formatou novo conceito para suas lojas e passou a ofertar aos consumidores alimentos congelados considerados saudáveis e cuja certificação de saudabilidade é proferida por um grupo médico. Desta forma o meio farma procura ampliar a área de atuação e o conceito de saúde para o corpo e mente.De Nova York para a AGAS, Clara Machado.

 

Welcome to WordPress.com. After you read this, you should delete and write your own post, with a new title above. Or hit Add New on the left (of the admin dashboard) to start a fresh post.

Here are some suggestions for your first post.

  1. You can find new ideas for what to blog about by reading the Daily Post.
  2. Add PressThis to your browser. It creates a new blog post for you about any interesting  page you read on the web.
  3. Make some changes to this page, and then hit preview on the right. You can always preview any post or edit it before you share it to the world.